< VOLTAR < HOME
 
     
   

 

Carbopol
FISPQ -FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS
Data de revisão: 07/04/08

1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA
Nome do produto: Polímero – CARBOPOL 676
Nome da empresa: D`HERMON ESSÊNCIAS IND. COM. LTDA.
Endereço: R. José Francisco da Silva, 73 Pq. Industrial Fritz Berzin – N.O./SP - CEP: 13.460-000
Telefone da empresa: (19) 3466-8888
E-mail: dhermon@dhermon.com.br

2- COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES
Ingredientes Polímero acrílico Benzeno
Numero do CAS 0009003-01-4 0000071-43-2
% <100 <0,30
Notas: As quantidades citadas são típicas e não representam um especificação.

3- IDENTIFICAÇÃO E PERIGOS
Este produto é um material sólido (pó) que é quase sempre processado em uma mistura líquida. As quantidades típicas e máxima de benzeno em uma mistura líquida que contenha dois por cento (2%) deste produto** serão: 0,001 – 0,006% (10-60 ppm) e 0,01% (100 ppm), respectivamente.
** Quantidade típica máxima usada nas operações da fabrica do cliente.
Efeitos agudos sobre a saúde A irritação nos olhos causada por pó ou poeira é um efeito físico, não um efeito químico.
Partículas sólidas nos olhos (pó / poeira) podem causar dor acompanhada de irritação.
A inalação da poeira pode causar tosse, produção de muco e falta de ar.
Efeitos crônicos a saúde Pode ocorrer dermatite de contato em indivíduos sob condições severas de contato prolongado e repetido, exposição e temperatura elevadas, ou obstrução pela roupa (particular agarradas na pele).
BENZENO: Pode causar danos ao fígado, aos rins e ao cérebro.
Exposição crônica prolongada pode resultar em várias alterações no sangue, inclusive causando anemia com sangramento irregular, aplasia da medula óssea e leucemia mielógena aguda. Têm sido informadas variações nos cromossomos em humanos.
Vias de Exposição/ Entrada Olhos, contato com a pele, inalação, ingestão.
Órgãos afetados Sistema respiratório, pele.
Condições agravadas pela Exposição Pessoas com doenças pré-existentes, inclusive doenças do coração, pulmões, rins, fígado, sistema nervoso ou o sangue, bem como aquelas suscetíveis à dermatite, devem evitar a exposição a este material.
Doenças respiratórias pré-existentes podem ser agravados pela inalação prolongada ou repetida de poeira existente no ar.
Problemas de pele pré-existentes podem ser agravados por contato prolongado ou repetido.
Propriedades Carcinogênicas IARC Grupo 1: OSHA – Regulamentado como carcinógeno;
NTP – Reconhecido como carcinógeno; ACGIH A1.

4- MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS:
Se ocorrer ou persistir irritação ou outros sintomas (conforme acima) por qualquer via de exposição, deve-se retirar do local a pessoa afetada e procurar auxílio médico.
Contato com os olhos: A água (umidade) expande o produto, tornando-o um filme gelatinoso que, em contato com os olhos, pode ser difícil de remover apenas com a água.
Lave os olhos abundantemente com jato de água contendo solução salina fisiológica (1%) por cinco minutos, mantendo as pálpebras abertas; procure um médico.
Se não houver solução salina disponível, lave os olhos abundantemente com jato de água limpa por 15 minutos; procure assistência médica.
Contato com a pele Lava a área contaminada completamente com sabão e água em abundância.
Inalação Se forem inalados quaisquer vapores de industrialização, produtos de decomposição ou partículas, remova a pessoa contaminada para um
ambiente ao ar livre.
Ingestão Não se conhecem efeitos da ingestão do produto. Trate de acordo com os sintomas.

5- MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO:
Classe de inflamabilidade
NFPA N/A
Faixa de chama N/A
Faixa de exposição V. informação abaixo.
Propriedades inflamáveis e explosivas: Resultados típicos esperados para esta família de produtos: concentração mínima de explosivos 0,13 oz/ft3 (130 gm/3), energia mínima de ignição 1,60 joules (nuvem de poeira dispersa)
Índice de deflagração, Kst (estimado): 130 bar m/seg
Resistividade: 3,24 x 10+16 ohm-cm
Taxa máxima de aumento de pressão: 5.500 psi a 0,5 oz/ft3 (380 bars a 500 g/m3).
Pressão máxima de Explosão: 70 psi a 0,5 oz/ft3, (4,8 bars a 500 g/m3).
Temperatura de ignição da nuvem de poeira: 968° F (520° C)
Código Nacional de eletricidade: (NFPA 70): Poeira Grupo G.
Como acontece com todas as poeiras orgânicas, partículas finas suspensas no ar em proporções criticas e na presença de uma fonte de ignição podem pegar fogo ou explodir. A poeira pode ser sensível à ignição por: descarga eletrostática, arcos elétricos, fagulhas, maçaricos, cigarros, chamas ou outras fontes de calor.
Como precaução, deve-se implementar medidas de segurança padrão para o manuseio de poeiras orgânicas divididas em partículas finas. Vide medidas sugeridas na Seção 7.
Este produto tem um alto valor de resistividade e apresenta propensão ao crescimento de eletricidade estática que pode ser descarregada como uma faísca. A descarga elétrica pode constituir uma fonte de ignição para misturas do vapor do solvente / ar.
Se acrescentar este produto a um solvente, certifique-se de usar práticas de manuseio seguras e adequadas, tais como fornecer condições para tornar inertes os vapores inflamáveis, e outras medidas como as citadas acima.
Meios de extinção: Use extintor de água, de produto químico seco, ou de espuma. O dióxido de carbono pode não ser eficiente no combate a incêndios de maiores proporções devido a sua falta de capacidade de resfriamento, que pode resultar em um nova combustão.
Instruções para combate ao fogo: Evite jogar jato de mangueira ou qualquer outro método que possa criar nuvens de poeira. Use aparelho respirador independente (SCBA) equipado com mascara inteira e operado em modo de demanda / pressão (ou outro modo de pressão positiva), bem como roupa protetora aprovada.
Pessoas que não estejam usando proteção respiratória adequada devem sair do local a fim de evitar exposição a vapores perigosos da combustão, queima ou decomposição. Se o local for fechado ou mal ventilado, use o aparelho respirador independente SCBA durante a limpeza logo após um incêndio, bem como durante as operações de combate ao fogo.

6- MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO
Técnicas de limpeza: Com cuidado para evitar formação de poeira, aspire ou varra o produto derramado para um recipiente fechado, para futura
reutilização ou descarte. Não jogue o produto derramado no esgoto publico, em riachos ou em outros sistemas de água. Se não puder evitar a inalação da poeira, use um respirador próprio com proteção, aprovado pela NIOSH / MSHA.
CUIDADO: Em contato com a água, o produto forma uma película muito escorregadia. Se isto ocorrer, essa película pode ser desfeita, limpando-se com uma solução detergente.

7- MANUSEIO E ARMAZENAMENTO
Manuseio Embora o risco de explosão do pó seja baixo, deve-se, por precaução, implementar as seguintes medidas de segurança:
Dispositivos de controle da poeira e outros equipamentos de transferência deverão ser ligados e adequadamente aterrados, e possuir exaustor apropriado.
Eliminar fontes de ignição (p. ex., fagulhas, formação de eletricidade, estática, calor excessivo, etc).
Não permitir o fluxo de polímero, pó ou poeira através de dutos não condutores, mangueiras de vácuo ou tubulações, etc; utilizar apenas dutos de transferência elétricos aterrados, quando necessitar remover os produtos por meio de ar comprimido.
Evitar o acúmulo de poeira (p. ex., providenciando boas condições de ventilação, limpando prontamente os respingos por aspiração, limpando as superfícies horizontais altas, etc).
Usar o produto sob boas condições de ventilação.
Não deixar entrar nos olhos. Não ingerir, provar, ou engolir. Evitar contato repetido ou prolongado com a pele. Evitar a inalação rotineira de qualquer espécie de poeira. Ter cuidado ao esvaziar recipientes,
Lavar-se cuidadosamente após o manuseio do produto. Lavar-se sempre antes de comer, fumar ou usar outras dependências.

Armazenamento Mantenha o container fechado quando não estiver em uso. Guarde em local seco.

8- CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL
ACGIH-TWA ACGIH-STEL OSHA-TWA OSHA-STEL
Polímero acrílico N/E N/E N/E N/E
Benzeno 0,50 PPM S 2,50 PPM S 1,00 PPM 5,00 PPM
Notas: A Noveon recomenda um limite de exposição TWA, por 8 horas, de 0,05 mg/m3 para o polímero componente deste produto.
Controles de engenharia Providencie sempre uma exaustão geral e, quando necessário, um exaustor local, para retirar a poeira do ambiente dos trabalhadores, evitando assim a inalação rotineira.
A ventilação deve ser adequada para manter a atmosfera do ambiente de trabalho abaixo do(s) limite(s) de exposição descrito(s) neste
FISPQ.
Recomendações técnicas de ventilação podem ser encontradas em publicações como “Industrial Ventilation: American Conference of Governamental Industrial Hygienists”, 1330 Kemper Meadow Drive, Cincinnati, OH, 45240-1634, USA (ventilação Industrial: Conferencia
Americana de Higienistas Industriais Governamentais).
Proteção dos olhos e Rosto: Use óculos de segurança (p. ex.. do tipo “goggles”) próprios para afastar a poeira dos olhos.
Proteção da pele: Use luvas protetoras Proteção das vias respiratórias para exposição acima de 0,05 mg/m3 (TWA 8 horas), use um respirador aprovado pelas normas NIOSH, equipado com filtros de ículas de alta eficiência.
Utilize o respirador de acordo com as limitações de uso do fabricante e as normas OSHA 1910.134 (29CFR).

9- PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS
Aspecto Pó
Aparência / cor Branca
Odor Ligeiramente acético
Solubilidade (em água) Apreciável
pH 2,5 – 3,0 a 1% em H2O
Faixa de ebulição N/A
Pressão do vapor (mmHg) N/A
Ponto de fusão N/D
Velocidade de evaporação Não volátil
Densidade do vapor Não volátil
Coeficiente de partição N/D
% em massa de volátil (umidade) < 2%
massa especifica ~1,40
faixa de densidade 0,19 – 024 g/mL

10- ESTABILIDADE E REATIVIDADE:
Estabilidade: Este produto é estável
Polimerização perigosa: Não ocorrerá incompatibilidade com outros materiais. O polímero pode gerar calor se entrar em contato com materiais básicos fortes, tais como amônia, hidróxido de sódio, hidróxido de potássio ou aminas fortemente básicas. Se necessário, devem ser tomadas precauções alem das aqui descritas, como por exemplo o uso de óculos tipo “goggles” contra respingos de substâncias químicas, ou roupas protetoras.
Produtos perigosos gerados na decomposição: Monóxido de carbono, dióxido de carbono, hidrocarbonetos e vapores irritantes.

11- INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS:
Via Espécie Exposição e dose polímero acrílico
Oral Rato, adulto LD50 > 2500, mg/kg
Pele Coelho, adulto LD50 > 3000, MG/kg
Notas: Estes resultados são característicos para esta família de polímeros.
Toxicidade oral crônica: Nenhum efeito significativo em ratos ou cães alimentados com resina em 5% da dieta, durante 6 a ½ meses.
Pele: Não houve evidência de irritação ou sensibilização durante testes cutâneos em humanos.
Nenhuma evidência de danos aos pulmões causados pela exposição à poeira de poliacrilatos foi observada em estudos realizados em trabalhadores. Tampouco, sintomas das vias respiratórias inferiores, doença parenquimática crônica, alterações radiográficas, ou efeitos clinicamente importantes sobre a função pulmonar resultaram da exposição a poliacrilatos. Apenas um pequeno aumento em sintomas das vias respiratórias superiores pareceu estar relacionado com a exposição. Contudo, vários problemas, como inflamação, hiperplastia (aumentos anormais no numero de células componentes de um tecido ou órgão), cicatrização (fibrose), alterações nos dutos alveolares do pulmão, e tumores foram notados em estudos laboratoriais com roedores que inalaram pó de poliacrilato do sódio absorvido na água em concentrações maiores do que 0,05 mg/m3 durante a maior parte de suas vidas. Alem disso, alguns efeitos em pulmões ou células pulmonares foram encontrados em roedores em estudos laboratoriais de duração mais curta.

12- INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS
Polímero acrílico: Toxicidade estática aguda em 96 horas Bluegill, Sunfish, LC50 280-2000 mb/L
Toxicidade estática aguda Dalhnia Magna, LC50 168-280 mg/L
Os polímeros do acido acrílico “crosslinked” (ligados transversalmente neste produto não são biodegradáveis; não inibem bactérias no tratamento residual; e não passam para o meio ambiente através de tratamento típico de efluentes, porem são, em vez disso, removidos com a biomassa.

13- CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO:
No estado em que é fornecido, este produto contem benzeno residual em quantidade que excede o limite TCLP “Toxicity Characteristic Leaching Procedure” (Procedimento Característico de Resíduos de Efluentes Tóxicos) de mínimo de 0,5 mg/1, estabelecido pelo U.S. EPA (40CFR22266611.24) N° EPA de descarte perigoso: DO18.
Este produto constitui RESÍDUO PERIGOSO, se descartado sem tratamento (i.e., conforme obtido). Ao combinar este produto com outros materiais, ou submetê-lo a qualquer procedimento, deve-se determinar por meio de teste apropriado, se algum resíduo resultante ainda possui a característica de toxicidade TCLP.
Se houver uma relação propicia poeira / ar, a nuvem de poeira no ar pode vir a explodir. Portanto, o descarte em solo deve ser feito em recipientes fechados. Se o descarte for feito em forma de pilha (amontoado), deve-se considerar que o polímero absorve umidade, resultado em uma massa
gelatinosa, incapaz de suportar o peso de uma pessoa.
CANADA: Ao jogar fora os resíduos, observar as regulamentações federais, estaduais e locais.
O produto pode ser incinerado.
EPA CERCLA Q/R: Ingrediente lbs Kg
Benzeno 10 4,5

14- INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE:
Numero UN N/A
Grupo de Embalagem UN N/A
Classe UN N/A
Classe ICAO / IATA N/A
Classe IMDG N/A
Classe ADR / RID N/A
Nota: Este Produto NÃO É REGULAMENTO para transporte domestico e internacional.
U.S. DOT Q/R
Ingrediente Lbs Kg
Benzeno 10 4,5

15- REGULAMENTAÇÕES
SARA Título III Seção 313 Este produto contem as seguintes substancias químicas tóxicas sujeitas às exigências da Seção 313 Emergency Planning and Community Right-to-Know Act” (Ação de Planejamento de Emergência e Direitos Comunitários à Informação), de 1986, e 40 CFR 372.
Benzeno
SARA Titulo III Seção 312 Categoria de Risco (40 CFR 311/312)
Efeitos à Saúde Agudos: Não
Efeitos à Saúde Crônicos: Sim
Variação a pressão: Não
Reativo: Não
Fogo: Não
Prop 65 (Carcigênico e Teratogênico) ATENÇÃO: Este material pode conter uma substancia química conhecida no Estado da Califórnia como causadora de câncer ou efeitos de nascença ou outros malefícios à reprodução: Bezeno
Clean Air Act (CAA) (Ação Ar Puro) Quando este produto é processado pode haver emissão de uma substância, citada no CAA (Seção 112). A quantidade emitida varia e depende das condições do processamento (i. e., utilização, cura, aquecimento). Possíveis substancias citadas no CAA contidas neste produto.
Regulamentaçao Federal
(U.S.) TSCA: Todos os componentes deste produto ou estão relacionados na listagem de substancias químicas do “U.S. Toxic Substances Control Act” (TSCA) (Ação de Controle de Substancias Tóxicas), ou estão de outra maneira em conformidade com as regulamentações TSCA.
Regulamentaçoes Intenacionais: WHMIS Canadense: Este produto é controlado pelo “Canadian Workplace Hazardous Materials Information System” (WHMIS)
(Sistema Canadense de Informação de Materiais Perigosos no Local de Trabalho) e está classificado como: D2A
Os seguintes componentes estão na “Canadian Ingredient Disclosure List” (WHMIS) (Lista Canadense de Divulgação de Ingredientes): Benzeno
DSL: Canadense: Todos os componentes do produto estão na “Canadian Domestic Substances List” (DSL) (Lista de Substâncias Usadas no Canadá), ou são dispensadas dessa listagem.
Monômeros são relacionados: União Européia EINECS.

16- OUTRAS INFORMAÇÕES:
Avaliação HMIS (H-F-R-PPI)10 0-1-0-B
Avaliação NFPA (H-F-R) 2-1-0
CÓDIGO: 0 = Insignificante; 1 = Leve; 2= Moderado; 3 = Alto 4 = Extremo A
A avaliação da “National Fire Protection Association” (NFPA) (Associação Nacional de Proteção contra Incêndios) identifica a severidade dos riscos do material durante um incêndio (i.e., “no fogo”).
As avaliações do “Hazardous Materials Identification System” (HMIS) (Sistema de Identificação de Materiais Perigosos) e da “National Paint and coatings Association” (Associação Nacional de Pintura e Revestimentos), aplicam-se ao produto “conforme embalado” (i.e., à temperatura ambiente).
Legendas: *Marca registrada da Noveon, Inc.
ACGIH: “american Conference of Governamental Industrial Hygienists” (Conferencia Americana de Higienistas Industriais Governamentais).
A1: Confirmado carcinogênico em humanos
A2: Suspeito carcinogênico em humanos
A3: Carcinogênico em animais
N° CAS “Chemical Abstract Service Registry Number” (Numero no Serviço de Registro no “ Chemical Abstract)
IARC: “Internacional Agency for Research on Câncer” (Agência Internacional par Pesquisas sobre o Câncer)
Grupo 1: Carcinogênico em humanos
Grupo 2A: Provável carcinogênico em humanos
Grupo 2B: Possível carcinogênico em humanos
Grupo 3: Impossível de classificar como carcinogênico em humanos
MSHA: “Mine Safety and Health” (Instituto Nacional para o Segurança e Saúde em Minas)
NIOSH: “National Institutefor Occupacional Safety and Health” (Instituto Nacional para a Segurança e Saúde Ocupacionais).
NTP: “National Toxicology Program” (Programa Toxicológico Nacional)
N/A: Não Aplicável
N/E: Não Estabelecido
OSHA: “Occupacional Safety and Health Administration” (Administração de Segunrança e Saúde Ocupacionais).
PEL: “Permissible Expource Limit” (Limite Permitido de Exposição).
PNOC: “Particulates Not Otherwise Classified” ( Partículas não classificadas).
RTK: “Right To Know” (Direito à Informação / Direitos).
STEL: “Short Term Expource Limit” (“ 15 minute Time Weighted Average”) (Limite de Exposição por Periodo Curto – 15 minutos média compensada)
TLV: “Threshold Limit Value” (Valor Limite Inicial)
C: Teto-Limite
S: Anotação de Pele refere-se a significativa contribuiçao para a exposiçao total ao produto pela via cutanea inclusive membranas mucosas e olhos, e pelo contato direto da pele com a substância.
WEEL: “Workplace Hazardous materials Information System” (Sistema de Informações sobre materiais Perigosos no Local de Trabalho).

Responsabilidade do Usuário / Retração da Responsabilidade

Este boletim pode cobrir todas as possíveis situações que o usuário venha a enfrentar durante o processamento do Material. Cada aspecto da operação deverá ser examinado para determinar se serão necessárias precauções adicionais e em que fase das operações. Todas as informações sobre saúde e segurança contidas neste boletim devem ser fornecidas aos seus empregados ou clientes. É responsabilidade do usuário desenvolver orientação adequada para o trabalho bem como programas de instrução e treinamento para os empregados.
Como as condições e métodos de utilização do produto estão fora do nosso controle, a Noveon, Inc. não assume qualquer responsabilidade e expressamente não aceita qualquer obrigação ocasionada por qualquer utilização deste material.
Estas informações são consideradas verdadeiras e corretas, porem todas as declarações ou sugestões são feitas sem garantia, Expressa ou implícita, com relação à exatidão da informação, os riscos relacionados à utilização deste material, ou os resultados a serem obtidos com essa utilização.
A obediência a todas as leis e regulamentações federais, estaduais e locais, é de inteira responsabilidade do usuário.

As informações desta FISPQ representam os dados atuais e refletem o nosso melhor conhecimento para o manuseio apropriado deste produto sobre condições normais e de acordo com a aplicação específica na embalagem e/ou literatura. Qualquer outro uso do produto que envolva o
uso combinado com outro produto ou outros processos é de responsabilidade do usuário. “A D’ HERMON ESSÊNCIAS IND. COM. LTDA é uma empresa estritamente comercial, sendo apenas fornecedora, e revendedora de produtos químicos. Os dados desta ficha foram baseados na fichas de informações de produtos químicos de nossos fornecedores, portanto não nos responsabilizamos pelos dados descritos.



 
  Cadastre-se e receba novidades via e-mail:
 
Nome E-mail
vendas@dhermon.com.br Copyright | Política de Privacidade | Desenvolvimento: OXYCOM